Egoísmo ou Necessidade Básica? - Rodney Mutter B.Sc., D.C. | Doutor em Quiropraxia

Egoísmo ou Necessidade Básica?

images-1

Um tema que se repete aqui no consultório é o retorno dos pacientes que já conhecem o meu trabalho, mas que já não vinham há bastante tempo. Normalmente quando voltam, entram caminhando torto, com pescoço duro, etc., com uma expressão de vergonha, não muito diferente da expressão dos meus filhos após eu escutar quebrar algo em casa.

Sempre incentivo que os pacientes façam manutenção, mesmo se sentindo bem, no mesmo sentido que você arruma a sua casa a cada semana para que a bagunça não acumule demais.

Tenho muito pacientes que entendem isso e seguem a minha orientação, porém a maioria não, mas o tema não é exatamente esse – a conversa vai muito além da Quiropraxia.

Por algum motivo as pessoas deixam de fazer as coisas básicas e mais importantes na sua vida quando a vida “começa a apertar”.

Eu pergunto para essas pessoas o que aconteceu. Normalmente vem uma história de estresse, perda ou algum outro contratempo na vida. Junto a isso elas param de caminhar, malhar, sair com os amigos, dormir o tempo suficiente, se alimentar corretamente. E o que era pra ser um período curto de pausa das atividades, se tornou o novo normal. O corpo obviamente sente a falta desses estímulos positivos e tolera por um período curto, mas “quando o saco enche” ele grita.

Fico sempre lembrando a palestra da aeromoça explicando para os passageiros que no evento de despressurização da cabine (em palavras mais exatas – o avião estará caindo), não se esqueça de colocar primeiro a sua máscara de oxigênio antes de ajudar mais alguém.

Na vida não é diferente. É necessário e lógico que você se cuide para poder ajudar os outros. Quando você encontrar um momento ou período de dificuldade (e você vai encontrar – todos nós enfrentamos isso), NÃO pare de se cuidar.

Ganhou um filho? Você não deixou de existir só porque ele nasceu. Perdeu seu emprego? Pelo menos mantenha sua saúde física. A namorada te abandonou? Mantenha a forma para a próxima! O TCC está te estressando? Dê uma volta na quadra e pense sobre seu trabalho ao invés de passar a noite em claro olhando para sua tela em branco.

A nossa mente funciona melhor quando nosso corpo está se sentindo melhor. Então mantenha as atividades fundamentais para o seu bem estar. Se valorize porque, afinal, se nem você se valoriza o que você pode esperar dos outros?

Se você abandonou a caminhada, te vejo na rua!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *