O EQUILÍBRIO DO CORPO, ALMA E MENTE DETERMINAM NOSSO FUTURO - Rodney Mutter B.Sc., D.C. | Doutor em Quiropraxia

O EQUILÍBRIO DO CORPO, ALMA E MENTE DETERMINAM NOSSO FUTURO

Uma verdade para todos nós é que, enquanto estamos enfrentando algum desafio, temos um crescimento maior.  Isso vale tanto no lado físico como no lado emocional.

Nosso caráter, individualidade e propósito estão diretamente ligados ao tipo e tamanho do desafio que colocamos em nossa frente.  Quem malha mais cresce mais.  Quem estuda mais conhece melhor.  Quem enfrenta mais a vida vive mais.

Às vezes enfrentamos algo que nós não “colocamos” em nossa vida.  Nestes momentos a vida traz algo importante, mesmo que não seja agradável, para nos alertar a respeito de alguma mudança necessária.

Tive um paciente que com 20 anos de idade traçou um objetivo de fazer sua empresa crescer tanto que poderia se aposentar aos 40 anos de idade e com um valor “x” no banco.  Ele conseguiu, vendeu sua empresa, e logo em seguida começou com dificuldades enormes de saúde.

Conversando descobrimos que nos últimos 20 anos, ele esqueceu de traçar outra meta em sua vida. No momento em que alcançou seu objetivo, ele perdeu um grande sentido em sua vida e até a vontade de levantar de manhã. Como ele não estava focado em algo maior, sua vida havia perdido o sentido.

Reclamamos seguidamente que temos algo desagradável para enfrentar, mas se cada dia fosse fácil, a vida não teria muito sabor.  Nosso mundo tem dois sentidos.  Pode ser visto como: positivo e negativo, esquerdo e direito, dia e noite, e cada sentido precisa do outro para existir.  Se todos os dias fossem ensolarados, não poderíamos apreciar o sol.  Uma boa chuva acolhe a alma, mas em quantidades maiores, faz com que nos sintamos tristes. Esquerda não existiria sem a direita.  Alto existe devido ao baixo.  Gordo devido ao magro. Conhecemos a felicidade por causa da tristeza.  Um depende do outro para sua existência.

Cada desafio por que passei, fez com que minha vida hoje tenha mais sentido.  Cada conquista me faz sentir orgulhoso.  Cada vez que algo me derrota, lembro a importância da humildade.  Cada sorriso me lembra a importância de chorar.

Sentar sozinho no meio de uma gangorra não é muito divertido.  Sentar na ponta e balançar com um amigo no outro lado, se torna um momento para ser lembrado.  Equilíbrio em si pode não ter tanta graça, mas a busca do equilíbrio é o combustível que nos faz levantar da cama.  Os momentos raros em que alcançamos o equilíbrio, somente fazem sentido devido a tudo que passamos para alcançá-lo.

A maneira que enfrentamos qualquer situação e que atitude tomamos, determina nosso futuro.  Nosso corpo foi criado com esta mesma benção.  Desde nossa primeira respiração, o corpo está em uma luta constante na busca do equilíbrio.  Esta luta não é um inimigo ou algo contra o ser, mas é sim, a essência principal que dá sabor à vida.

Um grande erro cultural é a idéia de que nosso dia-a-dia deve ser fácil para ser agradável.  Claro que não se pode confundir essa filosofia com pessoas que complicam demais a vida, mas hoje parece que muitas pessoas esqueceram de ter prazer em trabalhos manuais.  Uma caminhada até seu destino, cortar a grama do seu jardim, etc., são momentos necessários para movimentar sua vida.

Curta o seu dia e aprecie cada momento.  Se este momento é algo bonito, então pule, ria e vibre com felicidade, porque você merece.  Se este momento não é tão agradável reconheça a importância de passar por ele, para que um dia se torne ensolarado novamente.

Também, como equilíbrio, passamos nossa vida em busca da verdade e, alcançar essa verdade, pode ser menos prazeroso do que sua própria busca.  Temos múltiplas maneiras de entender os princípios que regem nossa vida.  Algumas pessoas escolhem ciência, outras religião, outras criam sua própria filosofia, mas todos nós estamos em busca de conhecimento, e algo que explica melhor nossa existência e os detalhes do nosso dia-a-dia.

Respeite que cada um escolha seu próprio caminho, assim como você espera a mesma maturidade dos outros.  Nossa busca de equilíbrio e de verdade são caminhos pessoais.  Pode ser diferente para cada um e mesmo assim, podemos entender algo no mesmo sentido.  O importante é que o caminho que escolhemos faça sentido para cada um de nós.

Um bom mês para todos,
Dr. Rodney

11 respostas para “O EQUILÍBRIO DO CORPO, ALMA E MENTE DETERMINAM NOSSO FUTURO”

  1. Amanda disse:

    Olá! Eu gostei muito do seu texto e gostaria de compartilha-lo; mas a opção pelo facebook não está ativa.

  2. A vida so tem sentido por causa dos problemas que nela enfrentamos,sem problemas o ser humano ja não existiria mais na face da terra

  3. valdi neto disse:

    ótimo artigo, estou em busca do equilíbrio e sempre à procura de contante evolução.
    Parabéns!!!

  4. Luanna Siqueira disse:

    Confesso, quando escrevi no Google, “Equilíbrio para a alma” procurava algo que abrisse minha mente para a busca de um equilíbrio maior, algo que me fizesse refletir sobre meios de manter a alma pura, e o coração cheio de bondade, para espalhar nesse mundo que carece de bondade. Confesso também que conseguir preencher o vazio da minha alma, e esse artigo me ajudou bastante. Ótimo trabalho Rodney, Parabéns!

  5. Humberto Machado disse:

    Dr Rodney minha esposa desenvolveu fibromialgia após a morte de sua mâe em 2013, lendo a respeito da sua especialidade, de acordo com o ministério da saúde, achei que a quiropraxia tem praticamente muito a ver com este tipo de doença. Inclusive no facebook existe uma comunidade das pessoas portadoras desta anomalia, gostaria de saber qual o tratamento mais indicado para a fibromialgia neste caso, o também o que o senhor recomendaria. Desde já agradeço.

    • Rodney disse:

      Trato casos seguidamente com este diagnostico e com muito sucesso. Diria que Quiropraxia em si, não concorda muito com os detalhes dessa “doença” sendo que pra nos os dores generalizadas da fibromialgia são mais associado com um desequilíbrio do corpo e não uma doença em si.
      Bem como você mesmo comentou, isso começou depois de uma perda grande. Reconheço que os dores existam e são muito intenso porem na maioria dos casos, respondam muito bem com Quiropraxia.
      Creio que seria prudente uma intervenção emocional em alguma forma sendo que sua esposa somatizou a perda da mãe numa forma física.
      Espero que os informações te ajude.

  6. juliana costa disse:

    Adorei o artigo , obrigada !!

  7. Talita Nascimento disse:

    Muito bom Dr. Rodney! Parabéns pelo artigo.

  8. Clécis Espindola disse:

    Texto Maravilhoso! Parabéns!
    Eu estou passando por isso, tracei minha meta e alcancei meu objetivo, mas ficou por isso mesmo, e hoje estou com dificuldades enormes no meu dia-a-dia. Preciso me mover, preciso correr atrás de novos desafios! O movimento é vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *